O Pornhub está oferecendo uma ferramenta para ajudá-lo a navegar na web com privacidade. Eles anunciaram recentemente que estão lançando o VPNhub, uma VPN grátis.

Uma VPN é uma tecnologia que transmite todo o seu tráfego online por meio de um servidor intermediário para ocultar sua identidade e localização, fazendo com que pareça que você está acessando um site a partir do local do servidor VPN. Uma VPN também criptografa seu tráfego.

Em resumo, uma VPN é precisamente o tipo de ferramenta de privacidade e segurança que os visitantes de sites de vídeos adultos precisam para cobrir seus rastros.

devo confiar na VPNHub

De fato, há uma série de razões pelas quais as pessoas usam VPNs. No entanto, uma grande parte dos usuários de VPN utiliza a tecnologia para contornar restrições ao acessar conteúdos em sites de vídeos adultos. Em muitos países, o governo censura pornografia na Internet. Não são apenas países religiosos e conservadores na África, Ásia e Oriente Médio, onde é proibido assistir a pornografia. O governo do Reino Unido também está implementando leis para bloquear pornografia online.

Assistir pornografia é contra a lei em alguns países, o que significa que as pessoas que assistem a ela correm o risco de enfrentar processos judiciais. Em outros países, sites pornográficos são simplesmente restritos. Por exemplo, os provedores de serviços de Internet na China bloqueiam sites pornográficos, mas o governo não se incomoda com pessoas que conseguem acessar sites de vídeos adultos.

As especificidades das leis contra a pornografia variam de acordo com os países e a linha entre o que é legal e o que não é legal geralmente não é clara. As regras são mais facilmente aplicadas para material que é claramente pesado e não tanto para conteúdos que podem ser considerados “arte”. Alguns países podem ter leis contra pornografia, mas a fiscalização pode ser negligente.

Mantendo a privacidade e a segurança enquanto assistimos pornografia

O uso de uma VPN é a maneira mais confiável de acessar sites pornográficos em um país ou região onde eles são bloqueados, mantendo sua privacidade enquanto você assiste aos conteúdos obscenos. Certificar-se de que todos os seus dados são criptografados é a sua melhor aposta para ficar longe do alcance do seu Provedor de Serviços de Internet, autoridades governamentais curiosas e hackers que se escondem em muitos desses sites.

No entanto, é importante mencionar que, embora o uso de uma VPN poderosa evite que outras pessoas vejam sua atividade online, não recomendamos o uso dessa ferramenta em países ou regiões em que a visualização de conteúdo adulto seja proibida por lei em termos inequívocos. Antes de continuar, pesquise cuidadosamente seus regulamentos e leis locais.

Agora que você sabe porque é importante usar uma VPN para assistir a pornografia, provavelmente está se perguntando se a VPNhub, a ferramenta do Pornhub, é uma boa VPN para usar com essa finalidade. A resposta é simples, embora não seja surpreendente: O principal negócio da Pornhub é oferecer conteúdos adultos, então não! Como acontece com qualquer outro produto de tecnologia, é mais provável que você obtenha a melhor qualidade dos líderes do setor, que se dedicam a fornecer a seus usuários as mais recentes e melhores tecnologias.

Ao escolher uma VPN para pornografia, ou qualquer outra finalidade, existem alguns fatores básicos que você deve sempre levar em consideração. Nossos especialistas usaram os seguintes critérios para restringir a cinco opçõe de VPNs que recomendamos para assistir pornografia.

  • Velocidades rápidas e confiáveis ​​de downloads para assistir a vídeos de alta qualidade
  • Criptografias poderosas para ocultar sua atividade online
  • Uma vasta rede de servidores no mundo todo
  • Um recurso de kill switch para desativar todo o tráfego no caso da conexão VPN cair

Nossas 5 principais VPNs recomendadas para assistir pornografia

  1. ExpressVPN

Equipada com a mais poderosa tecnologia de criptografia do setor e uma grande rede de servidores em mais de 90 países, a ExpressVPN oferece aos usuários aplicativos altamente intuitivos para MacOS, Windows, iOS e Android. Você pode visualizar conteúdos de alta definição graças à rede rápida e confiável dessa VPN. Ele também possui um recurso de kill switch chamado de “network lock”.

  1. NordVPN

A NordVPN vem em segundo lugar em nossa lista com sua extensa rede de servidores espalhados pelo mundo, incluindo muitos na Ásia-Pacífico, América Latina, Oriente Médio e África. Se a privacidade é particularmente importante para você, essa é a VPN perfeita, pois ela oferece uma política de não manter registros, criptografia de primeira linha e servidores dedicados com recursos adicionais de segurança, como “Tor over VPN” e “VPN dupla”. Assim como a ExpressVPN, ela também inclui um kill switch.

  1. IPVanish

Esta VPN é uma ótima alternativa para os dois primeiros. Ela possui 600 servidores espalhados pelos cinco continentes. Além de impressionantes velocidades de conexão e uma forte criptografia, a IPVanish tem um cliente ou aplicativo VPN fácil de usar para MacOS, Windows, iOS e Android. No caso de sua conexão cair, o kill switch dessa VPN será útil.

  1. VyprVPN

Todos os servidores que este provedor de VPN possui, incluindo os do Oriente Médio, África e Ásia, são de propriedade e são operados por eles mesmos. Os usuários deste serviço podem desfrutar de conteúdos de streaming em uma conexão rápida e de baixa latência, graças aos servidores físicos dedicados do provedor e à sua poderosa criptografia. Caso a conexão VPN seja perdida por qualquer motivo, você pode ter certeza de que nada do seu tráfego online passará por sua rede ISP, por causa de um recurso de kill switch embutido em aplicativos e clientes da VyprVPN.

  1. PureVPN

Com exceção da da Antártida, todos os outros continentes hospedam servidores na grande rede da PureVPN, que abrange 121 países. Confiabilidade e velocidades notáveis ​​caracterizam este serviço de VPN, que possui aplicativos fáceis de operar para MacOS, Windows, iOS e Android. O kill switch incluído nos recursos interrompe o tráfego sempre que a conexão é perdida.

Você deve usar uma VPN para visualizar conteúdo adulto em países onde isso é legalmente permitido

Só porque você está em um país ou região onde o pornô não é nem contra a lei nem restrito, não significa que você não pode se beneficiar do uso de uma VPN para acessar sites pornográficos. Anúncios maliciosos geralmente são abundantes em sites pornográficos, que tendem a empregar táticas excessivamente agressivas para rastrear usuários.

Esses anúncios podem ser usados ​​para acompanhar sua atividade online e podem infectar seu computador com adwares ou, pior, com um software no seu dispositivo. Não usar uma VPN pode fazer com que o seu navegador exiba anúncios explícitos, mesmo em sites que não têm nada a ver com conteúdo dessa natureza.

Além disso, sem uma VPN, seu provedor de serviços de Internet pode monitorar seus dados privados e monitorar seu comportamento online. Pergunte a si mesmo: você está confortável com a ideia de alguém ter todas as informações sobre o conteúdo que você vê online?

Ao usar um endereço IP que é compartilhado com vários outros usuários do seu serviço de VPN, torna-se praticamente impossível para o seu provedor de serviços de Internet rastrear sua atividade online. Ativar sua conexão VPN antes de acessar sites pornográficos torna difícil para o seu provedor de serviços de Internet, para o governo ou para qualquer outra pessoa ver o que você está assistindo.